Avaliação Econômica em Saúde

    Conteúdo atualizado em: 24/06/2021

    “Trata-se de uma análise comparativa de estratégias em termos de custos e desfechos em saúde num determinado período de tempo, referido como horizonte temporal. Para a avaliação econômica auxiliar a tomada de decisão, deve-se informar a perspectiva adotada na análise, a qual indica quem tem a prerrogativa de selecionar alguma das estratégias em investigação. As três perspectivas mais comuns referem-se ao prestador de serviços (hospital, clínica), ao sistema de saúde (público ou privado) e à sociedade. Nesta última, inclui-se ampla gama de agentes, tais como os pacientes, a previdência e a assistência social. A opção por alguma das três perspectivas influencia a identificação, a mensuração e a valoração dos custos.” (SILVA & SILVA, 2016).

     

    FONTE: Epidemiol. Serv. Saúde v.25 n.1 Brasília jan./mar. 2016.

     

    search-button Documentos na BVS

    Avaliação Econômica em Saúde

    icone-avaliacao-economica

     

    Avaliação econômica em saúde compreende a análise comparativa de diferentes tecnologias, no âmbito da saúde, referentes aos seus custos e aos efeitos sobre o estado de saúde. As principais técnicas de avaliação econômica completa são a análise de custo-efetividade, custo-utilidade, custo-minimização e custo-benefício.

     

    No site da REBRATS - Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde estão disponíveis diretrizes para elaborar estudos de avaliação econômica e impacto orçamentário. Clique aqui.

     

    Fonte: Secretaria de Estado da Saúde

     

     

    Análise de Custo-Efetividade

    custo-efetividade

     

    É um tipo de avaliação econômica que compara distintas intervenções de saúde, cujos custos são expressos em unidades monetárias e os efeitos, em unidades clínico-epidemiológicas (mortalidade, morbidade, hospitalização, eventos adversos, etc).

     

     

    Análise de Custo-Utilidade

    custo-utilidade

    É um tipo de análise de custo-efetividade em que os efeitos das tecnologias são medidos em Anos de Vida Ajustados pela Qualidade (AVAQ). Os custos de intervenções de saúde são expressos em unidades monetárias.

    Análise de Custo-Minimização

    custo-minimizacao

    É um tipo de análise de custo-efetividade que compara somente os custos de duas ou mais tecnologias, uma vez que os efeitos sobre a saúde que resultam das tecnologias comparadas são considerados similares.

    Análise de Custo-Benefício

    custo-beneficio

     

    É uma avaliação econômica em que tanto os custos das tecnologias comparadas quanto seus efeitos são valorizados em unidades monetárias.

    Jornal Brasileiro de Economia da Saúde

    JBESJornal Brasileiro de Economia da Saúde (JBES) foi criado em 2009 com o objetivo de promover e disseminar o conhecimento nas áreas de Economia da Saúde, Farmacoeconomia e Avaliação de Tecnologias em Saúde. 

     

    Todo o conteúdo do JBES está indexado nas Bases LILACS – Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BVS-ECOS – Biblioteca Virtual em Saúde e LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas.