Avaliação da eficiência das Unidades de Saúde da Família do município do Recife, antes e após a implantação do acolhimento, por meio da análise envoltória de dados - DEA

Publication year: 2016
Resumo
A avaliação do desempenho da assistência à saúde na Atenção Básica, e o aperfeiçoamento da eficiência técnica das ações, com a finalidade de subsidiar a gestão no planejamento e melhorar a qualidade da assistência prestada à população, é imperativa. Nesse contexto, objetivou-se avaliar a eficiência no atendimento das Unidades de Saúde da Família (USF) do município do Recife e qual o impacto do Acolhimento sobre a mesma. Utilizou-se a metodologia Data Envelopment Analysis (DEA), modelo BCC, com orientação para o produto. Foram utilizadas informações disponíveis na base de dados do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB), no período de 2005 a 2014, as variáveis selecionadas como inputs foram o número de médicos, número de enfermeiros e número de pessoas cadastradas por USF, e como outputs o número de consultas realizadas pelos médicos e enfermeiros das unidades. O trabalho conseguiu mapear a eficiência das USF da cidade do Recife, baseadas nos seus indicadores de produtividade quantitativos. Os resultados demonstraram que entre as 105 unidades estudadas na amostra, para todos os anos, o índice global ficou com média em torno de 0,54. Não havendo grande evolução dos índices de eficiência relativa após o início do Acolhimento. Contudo, quando a avaliação é feita em nível de Distrito Sanitário a distribuição fica mais próxima de 1. Dessa forma, os resultados exibidos podem servir para futuras investigações na Atenção Básica, assim como auxiliar no processo de tomada de decisões e como instrumento gerencial