Estudos de Microcusteio aplicados a avaliações econômicas em saúde: uma proposta metodológica para o Brasil
Microcosting methods applied to health economic assessment: a Brazilian methods guideline

J. bras. econ. saúde (Impr.); 11 (1), 2019
Publication year: 2019

Objetivo:

No cenário da avaliação de tecnologias em saúde (ATS), as estimativas de custos são um fator crítico no desenvolvimento das avaliações econômicas completas, especialmente pelo uso de diferentes metodologias de custeio. A fim de contribuir com a acurácia dos dados de custos usados nessas análises, este artigo sugere recomendações para apuração de custos em saúde no Brasil.

Métodos:

Reuniram-se pesquisadores de ATS de diferentes expertises e centros de pesquisa do Brasil, e ao longo de dois anos foram conduzidas revisões da literatura nacional e internacional e discussões sobre as formas de abordar a temática. Três simpósios foram realizados reunindo os pesquisadores com o propósito de alcançar o consenso entre os autores sobre as melhores recomendações para a realização de estudos de Microcusteio.

Resultados:

Consolidou-se em forma de uma recomendação este artigo que representa uma versão compacta da diretriz completa a ser publicada pela Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde. A metodologia de Microcusteio é considerada como padrão-ouro para a identificação dos custos em saúde. Os métodos de definição do estudo, coleta e análise de dados apresentados são descritos de modo a permitir uma valoração dos custos validada e homogênea, principalmente para o uso dessa informação em avaliações econômicas de saúde.

Conclusão:

Essa recomendação tem o propósito de aumentar a acurácia das estimativas dos custos de saúde no nosso meio e homogeneizar a comunicação entre estudos conduzidos por diferentes grupos de pesquisa. Por fim, é esperado que a utilização dessas recomendações contribua para que as decisões baseadas em dados econômicos sejam mais acuradas e equânimes quando da incorporação de tecnologias no país.

Objective:

In the context of health technology assessment (HTA), cost estimates are a critical factor in the development of economic evaluations, especially through the use of different costing methodologies. In order to contribute to the accuracy of the cost data used in these analyzes, this article suggests recommendations to develop health cost analysis in Brazil.

Methods:

HTA researchers with heterogeneous background and from different Brazilian research centers were engaged on the development of this health cost analysis recommendation over two years. Reviews of national and international literature and discussions on how to approach the theme were conducted. Three symposia were held bringing together the researchers with the purpose of reaching consensus among the authors on the best recommendations for micro-accounting studies.

Results:

This article was consolidated as a recommendation, which represents a compact version of the complete guideline that will be published by the Brazilian Health Technology Assessment Network (REBRATS). The Microcosting methodology is considered as a gold standard for the analysis of health costs. Methods to define the study, to perform data collection and analysis are described in order to allow a validated and homogeneous cost evaluation, mainly for the use of this information in economic health assessments.

Conclusion:

This recommendation is intended to increase the health cost estimated accuracy in our country and to homogenize the communication between studies conducted by different research groups. Finally, it is expected that the use of these recommendations will contribute to make decisions based on economic data more accurate and equitable when incorporating health technologies in the country.